Project Description

Septoplastia

septoplastia ou cirurgia de desvio do septo visa a correção cirúrgica do desvio do septo nasal. O objetivo da cirurgia é corrigir o desvio existente e desta forma aumentar a permeabilidade das fossas nasais e consequentemente melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

A cirurgia possui indicação nos casos em que o desvio confere queixas funcionais ou estéticas.

Nos casos de desvio do septo infantil a cirurgia é apenas considerada nos casos em que existem desvios extremos do septo nasal com consequente ventilação nasal muito limitada ou deformidades do nariz muito marcadas. No caso da septoplastia na criança, como o nariz ainda está em crescimento, a técnica tem que ser muito mais conservadora e diferente da realizada no adulto. Nas crianças a indicação é pouco frequente e apenas se pondera a cirurgia em situações muito particulares. É aproximadamente a partir dos 16 anos de idade que, habitualmente, se indica a septoplastia

Como é feita a cirurgia?

A cirurgia, normalmente, é feita sem qualquer tipo de incisões na pele do nariz. A operação é realizada através das narinas, não ficando visíveis qualquer tipo de cicatrizes na pele.

Faz-se uma pequena incisão dentro do nariz para aceder aos segmentos do septo nasal desviados que dificultam a passagem do ar. Por norma, colocam-se umas pequenas placas com cerca de 1 mm de espessura em cada narina que permanecem no nariz durante 4 dias.

A septoplastia por videoendoscopia é apenas uma alternativa à visualização direta durante a cirurgia, sendo que os princípios da cirurgia são os mesmos da técnica convencional.

A cirurgia usualmente é realizada sob anestesia geral para conforto do paciente, mas pode ser realizada sob anestesia local e sedação.

A septoplastia não muda o aspeto do nariz externamente a não ser que o septo apresente um desvio na porção caudal em que aí passa a estar centrado na linha média. No entanto, a septoplastia pode ser realizada simultaneamente com a rinoplastia que permite corrigir defeitos externos do nariz.

Recuperação

O tempo de recuperação é de aproximadamente uma semana, sem dor apresentando apenas algum desconforto nasal. Após a cirurgia é necessário manter alguns cuidados, nomeadamente, não estar exposto a calor, não praticar exercício físico e fazer higiene nasal com água salina.

A prática de exercício físico está limitada nas primeiras duas semanas. No final da 3ª semana de pós operatório já não existe qualquer tipo de restrições.

Agendar Consulta